• Jacqueline Miranda

COMIDA, COMO MEMÓRIA, CULTURA E AFETO


Se tem um papo que eu amo falar é sobre comida e história. Não é atoa que fui fazer faculdade de nutrição não é mesmo?

Sempre que escutava alguém falando que nossa comida veio dos portugueses, africanos e Índios, eu pensava na prato completo em sí, como por exemplo o pastelzinho de Belém ( prato tipico Português, que conheci realmente no restaurante árabe bem popular aqui rs).

Na verdade, quando falamos em herança destes 3 povos na alimentação, falamos de algo que se completa e se mistura, tipo feijão com arroz, sabe? Dos povos indígenas, vieram a mandioca, o milho, a batata doce e o feijão. E esses alimentos fazem parte da mesa das festas importantes, como as festas juninas, por exemplo.

Já os Portugueses nos trouxeram os óleos, , os ovos, os bois, as galinhas e os Africanos, o inhame, o milheto, o sorgo, a banana e a galinha da angola. E essa cultura alimentar, sofreu alterações de acordo com a região do Brasil, devido a influencia de outros países como Holanda, França e Inglaterra.

A comida está ligada a nossos sentimentos e tradição. Sejam eles bons ou ruins, os nossos gostos alimentares, é uma construção, que começa na infância, mas pode ser construído ao logo de nossa vida.

Percebemos ainda, o quanto o resgate de memórias, como uma receita de família, o cozinhar junto, o ensinar a cozinhar para as gerações e o caderno de receitas é são preciosidades e que essa cultura tem se perdido, que o almoço de domingo vem mudando ao longo dos anos e hoje a tradição de cozinhar algo especial, sentar-se a mesa vem sendo deixado de lado em prol de outras prioridades como a rotina, um simples celular na mão à mesa e comidas prontas e rápidas (alimentos industrializados).

Essa mudanças de padrões alimentares contribuem para o aparecimento de doenças crônicas, como a obesidade e diabetes e assim como os países emergentes, o Brasil também sofre com essa transição nutricional.

Quando criei esse blog, tinha o interesse de destacar a importância do retorno a práticas culinárias, o comer junto e do resgate ao consumo de alimentos tradicionais são ferramentas de promoção da alimentação saudável.

Pra mim, minimalismo na cozinha é comida de verdade, com qualidade e consciência. Eu estou em busca da praticidade sem perder a saúde e a cultura, acredito estar conseguindo, consigo ver resultados reais na minha vida e isso me faz muito feliz.

Neste blog você verá um pouco da minha trajetória e quem sabe eu te inspire a vir junto comigo nesta caminhada também.

#Comidadeverdade #comidaeafeto #culturaeafeto #cultura #alimentação #minimalismo

49 visualizações

© 2023 por Cozinha Minimalista . Orgulhosamente criado com Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now