• Jacqueline Miranda

Parece mas não é


A indústria é campeã em fazer você comprar o que não quer ou não precisa, tudo isso porque possuem diversas formas de atrair a atenção do consumidor com suas campanhas publicitárias atraentes, suas embalagens sedutoras e também colocando informações ou aditivos nos alimentos de acordo com os interesses do público, agregando assim, aditivos que nem sempre são interessantes a nossa saúde. Nem sempre o produto alimentício comprado é realmente o que se espera daquele alimento.

Aconteceu recentemente com a minha mãe no mercado, ela estava à procura de aveia e uma das demonstradoras do corredor do supermercado a ofereceu uma aveia nova do mercado, uma aveia que não precisava ir ao fogo, era boa para emagrecer e além de tudo, muito mais saborosa e prática do que a comum. Pois bem, minha mãe foi ao mercado comprar uma aveia, mas acabou pegando duas, da mais cara e milagrosa aveia. Quando ela chegou ao meu encontro e mostrou a novidade em aveia, fomos ler o rótulo, é claro! Bem, não era aveia, era um composto com aveia, na embalagem vinha escrito aveia, mas nem de perto era o que se propunha.

Era na verdade aveia, açúcares diversos e outros aditivos alimentares como, por exemplo, farinha branca. Já na aveia mais barata, só tinha aveia mesmo. Era o único ingrediente e o que a minha mãe estava realmente procurando. Compramos a aveia verdadeira, mas esses casos são recorrentes em nossa dia a dia, nem sempre estamos atentos a essa informações. Ler o rótulo da embalagem é essencial. Nos ingredientes você realmente fica sabendo se aquele alimento é o que você precisa.


6 visualizações

© 2023 por Cozinha Minimalista . Orgulhosamente criado com Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now