Quanto MAIS uso o alimento, MENOS lixo eu produzo | Cozinha Minimalista

    Cerca de 30% de todas as da produção dos alimentos são desperdiçados do campo à mesa todos os dias, esse desperdício se pode ser minimizados com algumas medidas simples como estas:

Uso integral dos alimentos


Acho que a primeira coisa que devemos pensar quando se fala em lixo é na quantidade de alimentos e como estamos descartando ele. O uso integral dos alimentos é uma ótima forma de reduzir o desperdício dos alimentos, bem como aproveitar todos os nutrientes disponíveis nos neles, pois, as cascas, talos e folhas possuem tantos nutrientes e fibras quanto a parte que costumamos a usar. Só que como não temos o hábito de consumir estas partes, elas acabam indo para o lixo.

Cascas: São ótimas opções para sucos e saladas

Sementes: Podem ser usadas para produzir algumas farinhas e petiscos.

Talos: Podem ser usadas para sucos, como o suco verde.


Faça compostagem

A Compostagem caseira, transforma os resíduos orgânicos produzidos em casa em adubo. É uma técnica simples, que pode ser usada com custo muito pequeno e sem muitos recursos.

Assista aqui um vídeo ensinando a fazer a compostagem:




Se depois disso tudo, ainda sobrar lixo, basta separar adequadamente 



Faça coleta seletiva

Aqui no Rio não vejo muitas caçambas de lixo para a coleta seletiva, mas pesquisando um pouco sobre como separar o lixo encontrei no site da prefeitura do RJ uma exlicação muito clara de como deve ser e descobri que mesmo separando o lixo, não ajudo muito, já que eu fazia de forma errada. Então vamos aprender da forma certa?

Fonte: http://www.rio.rj.gov.br/web/comlurb/exibeconteudo?id=4380174


  • Para que a coleta seja eficiente, é recomendado que os materiais recicláveis sejam colocados em sacos plásticos transparentes, pois assim o gari poderá verificar o conteúdo, evitando a mistura do material reciclável com o lixo domiciliar.
  • Os sacos pretos são destinados apenas para lixo orgânico e úmido e não serão levados pela equipe da coleta seletiva. São coletados papéis, metais, plásticos e vidros, secos e limpos. 
  • Não é necessário separar o material por tipo, pois esse trabalho será feito pelas cooperativas de catadores, que realizarão a classificação por tipo de indústria.



Comentários